20081223

retrospectiva 2008

compartilhando e-mail que rolou na época das eleições...
[...] tô pegando o bonde andando, mas aproveito pra dar minha posição! vide leitura recomendada: kama sutra, já que a política é uma sacanagem todal! putaria e todo mundo só se fode!!! :P mas falando sério, votei na soninha nesse primeiro turno porque queria ter a minha consciência limpa! se fosse pra escolher alguém, votaria no alkimin, mas acho que ele tem potencial para ser mais que nosso prefeito, votaria nele para presidente, porque ele me passa segurança e é um cara honesto, um dos únicos políticos fora dessa sujeira toda...

alguém assistiu o debate? o maluf está gagá, coitado! e como uma pessoa pode ser tão cara de pau? juro que me intristesse, porque queria que a soninha tinvesse pelo menos ultrapassado ele, já que ele mostrou a tal veja no debate e foi punido! mas pra quem já tem umonte de processos nas costas (como ele gosta de lembrar, nenhum deles conseguiu comprovar seu envolvimento, graças aos laranjinhas!) o que seria uma advertência em rede nacional? nada...

kassab melhorou umonte de coisas, mas nada pra mim que sou funcionário público, recebemos 0,001% de aumento, e acho isso uma palhaçada, exatamente porque reformaram todo o meu trampo na mesma semana da eleição! tiraram as cores vermelhas do pt (porque quem inaugurou aqui foi a marta) e colocaram as do psdb, que por mais que o kassab não seja mais deles, o partido ainda está comandando a gestão, ele era o vice do serra! (que tinha prometido não sair da prefeitura pra se candidatar pra governador!) quer dizer, tá tudo errado, então votei na soninha e fiquei triste que ela não se destacou mais, mas ao mesmo tempo feliz, porque bastante gente votou nela! rola o preconceito por causa do beck, mas prefiro ter uma prefeitura de jah do que um presidente cachaceiro e burro! a soninha é inteligente e tem várias idéias e a prefeitura de são paulo sempre os mesmos!!! não sei se perderíamos quatro anos com uma pessoa diferente e bem instruída! lógico que na prática é bem diferente, mas de qualquer forma, o pessoal da minha facú fez um trampo com ela e ela é uma das únicas pessoas que aparecem pra trampar!

enquanto isso 'seu madruga' foi eleito...
e dá uma olhada no naipe da galera que tá nessa também:
http://apuracao.terra.com.br/2008/1turno/sp/71072/index.shtml#vereador

bom, fico por aqui!
meu desabafo!
[...]
alx
_

On 1 out, 11:02, "Gustavo Almeida" wrote:
Concordo 100%, o resultado será sempre o mesmo enquanto obrigarmos pessoas que preferiam estar em long beach a votar, aliás acho que essa história de voto obrigatório foi feita exatamente para isso, para garantir uma maior massa de idiotas votando...

leitura recomendada:
* gabriel garcia marquez - o outono do patriarca
* george orwell - 1984
* aldous huxley - admirável mundo novo
* aldous huxley - de volta ao admirável mundo novo
* adolf hitler - mein kampf (minha luta)


e como diziam os ramones, ignorance is bliss!
_

2008/10/1 Gustavo Chofra:
Eu entendo o seu ódio Gu! Sei exatamente como vc se sente. Mas hippie não rola! Artesanato em durepox não paga as coisas que eu gosto. Mas antes de reclamarmos dos candidatos, temos que dar um passo para trás e mudar o sistema atual! Democracia obrigatória não é democracia! Primeiro passo para impedir esses cabruncos de se candidatarem (33,8% dos candidatos a prefeito em Sampa tem o nome sujo e o CPF bloqueado - procurem pelo uol essa info). Pois quero ver quantos malufistas vão votar nele ou vão preferir descer para a "Long Beach" e aproveitar o final de semana. Só depois que mudar o sistema eu vou reclamar dos candidatos-piada. Brasil eleição-carnavalesca, assistam meia hora de horário politico e se mijem de rir com a versão de Zorra Total só que feita de forma amadora e caseira. Com travestis semi analfabetos, caipiras, ex-modelos/dançarinas e senhores falso moralista de meia idade! Viva la revolucion! Me da duas semanas no controle do mundo que eu resolve essa merda!
--
It's always funny until someone gets hurt/And then it's just hilarious.

20081222

Poema de Natal

Para isso fomos feitos:
Para lembrar e ser lembrados
Para chorar e fazer chorar
Para enterrar os nossos mortos -
Por isso temos braços longos para os adeuses
Mãos para colher o que foi dado
Dedos para cavar a terra.
Assim será nossa vida:
Uma tarde sempre a esquecer
Uma estrela a se apagar na treva
Um caminho entre dois túmulos -
Por isso precisamos velar
Falar baixo, pisar leve, ver
A noite dormir em silêncio.
Não há muito o que dizer:
Uma canção sobre um berço
Um verso, talvez de amor
Uma prece por quem se vai -
Mas que essa hora não esqueça
E por ela os nossos corações
Se deixem, graves e simples.
Pois para isso fomos feitos:
Para a esperança no milagre
Para a participação da poesia
Para ver a face da morte -
De repente nunca mais esperaremos...
Hoje a noite é jovem; da morte, apenas
Nascemos, imensamente.

Vinicius de Moraes


Vinicius de Moraes, poeta e diplomata na linha direta de Xangô. Saravá! No poema acima temos retratado aquele que, para muitos, é um evento triste. O acima foi foi extraído do livro "Antologia Poética", Editora do Autor - Rio de Janeiro, 1960, pág. 147.


20081218

Desafio LG!



Tá vendo esse vídeo-mico-rículo aí em cima? Classificação felita pelo próprio autor, diretor e protagonista, o blogueiro e meu amigo Glauco do Descolex...

Na última prova do LG Ultimate Blog Challenge, ele precisa disseminá-lo pela internet. E para isso, só contando com a ajuda dos blogs amigos. Funciona assim: você, blogueiro, que gosta do Descolex, embebeda o vídeo no seu blog, explicando que isso faz parte de uma prova do Desafio LG e colocando a URL do hotsite: http://www.blogger.com/www.desafiolg.com.br. Daí, você me avisa que fez o post e eu mando pro pessoal lá computar sua colaboração. Ai, gente, aproveita esse espírito natalino e dá uma forcinha aí, vai! Novamente as palavras do querido amigo! ;)

Sinceramente adoro essa música, tenho ótimas lembranças da Gala!!! Apesar dele ter começado super tímido o vídeo, valeu a empolgação do final! E espero que o mico sirva pra alguma coisa, né? Quais serão os prêmios? Ganharei comissão? Sucesso pra ti Glauco! E você sabe que te desejo isso, independente de ser natal...

Bom, tá 'embebedado'!
_

Exigências da vida moderna

Dizem que todos os dias você deve comer uma maçã por causa do ferro.
E uma banana pelo potássio.
E também uma laranja pela vitamina C.
Uma xícara de chá verde sem açúcar para prevenir a diabetes.
Todos os dias deve-se tomar ao menos dois litros de água.
E uriná-los, o que consome o dobro do tempo.
Todos os dias deve-se tomar um Yakult pelos lactobacilos
(que ninguém sabe bem o que é, mas que aos bilhões, ajudam a digestão).
Cada dia uma Aspirina, previne infarto.
Uma taça de vinho tinto também.
Uma de vinho branco estabiliza o sistema nervoso.
Um copo de cerveja, para... não lembro bem para o que, mas faz bem.
O benefício adicional é que se você tomar tudo isso ao mesmo tempo tiver um derrame, nem vai perceber.
Todos os dias deve-se comer fibra.
Muita, muitíssima fibra
Fibra suficiente para fazer um pulôver.
Você deve fazer entre quatro e seis refeições leves diariamente.
E nunca se esqueça de mastigar pelo menos cem vezes cada garfada.
Só para comer, serão cerca de cinco horas do dia.
E não esqueça de escovar os dentes depois de comer.
Ou seja, você tem que escovar os dentes depois da maçã, da banana, da laranja, das seis refeições e enquanto tiver dentes, passar fio dental, massagear a gengiva, escovar a língua e bochechar com Plax.
Melhor, inclusive, ampliar o banheiro e aproveitar para colocar um equipamento de som, porque entre a água, a fibra e os dentes, você vai passar ali várias horas por dia.
Há que se dormir oito horas por noite e trabalhar outras oito por dia, mais as cinco comendo são vinte e uma.
As estatísticas comprovam que assistimos três horas de TV por dia.
Menos você, porque todos os dias você vai caminhar ao menos meia hora (por experiência própria, após quinze minutos dê meia volta e comece a voltar, ou a meia hora vira uma).
Sobram três, desde que você não pegue trânsito.
E você deve cuidar das amizades, porque são como uma planta: devem ser regadas diariamente, o que me faz pensar em quem vai cuidar delas quando eu estiver viajando.
Deve-se estar bem informado também, lendo dois ou três jornais por dia para comparar as informações.
Ah! E o sexo.
Todos os dias, tomando o cuidado de não se cair na rotina.
Há que ser criativo, inovador para renovar a sedução.
Isso leva tempo e nem estou falando de sexo tântrico.
Também precisa sobrar tempo para varrer, passar, lavar roupa, pratos e espero que você não tenha um bichinho de estimação.
Na minha conta são 29 horas por dia.
A única solução que me ocorre é fazer várias dessas coisas ao mesmo tempo!!!
Tomar banho frio com a boca aberta, assim você toma água e escova os dentes.
Chame os amigos e seus pais.
Beba o vinho, coma a maçã e dê a banana na boca da sua mulher.
Ainda bem que somos crescidinhos, senão ainda teria um Danoninho e se sobrarem 5 minutos, uma colherada de leite de magnésio.
Agora tenho que ir.
É o meio do dia, e depois da cerveja, do vinho e da maçã, tenho que ir ao banheiro.
E já que vou, levo um jornal...
Tchau....
Se sobrar um tempinho, me manda um e-mail.
Luís Fernando Veríssimo

20081216

moonwalking

Estamos com fome de amor

Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes, danças e poses em closes ginecológicos, chegam sozinhas e saem sozinhas. Empresários, advogados, engenheiros que estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e, sozinhos. Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes, os novíssimos "personal dance", incrível.

E não é só sexo não, se fosse, era resolvido fácil, alguém duvída? Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho sem necessariamente ter que depois mostrar performances dignas de um atleta olímpico, fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que vão "apenas" dormir abraçados, sabe essas coisas simples que perdemos nessa marcha de uma evolução cega. Pode fazer tudo, desde que não interrompa a carreira, a produção. Tornamos-nos máquinas e agora estamos desesperados por não saber como voltar a "sentir", só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós.

Quem duvida do que estou dizendo, dá uma olhada no site de relacionamentos ORKUT, o número que comunidades como: "Quero um amor pra vida toda!", "Eu sou pra casar!" até a desesperançada "Nasci pra ser sozinho!" Unindo milhares ou melhor milhões de solitários em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis. Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento e estamos a cada dia mais belos e mais sozinhos. Sei que estou parecendo o solteirão infeliz, mas pelo contrário, pra chegar a escrever essas bobagens (mais que verdadeiras) é preciso encarar os fantasmas de frente e aceitar essa verdade de cara limpa.

Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia é feio, démodé, brega. Alô gente! Felicidade, amor, todas essas emoções nos fazem parecer ridículos, abobalhados, e daí? Seja ridículo, não seja frustrado, "pague mico", saia gritando e falando bobagens, você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais (estou muito brega!), aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso à dois.

Quem disse que ser adulto é ser ranzinza, um ditado tibetano diz que se um problema é grande demais, não pense nele e se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele. Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo ou uma advogada de sucesso que adora rir de si mesma por ser estabanada; o que realmente não dá é continuarmos achando que viver é out, que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo ou que eu não posso me aventurar a dizer pra alguém: "vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida".

Antes idiota que infeliz!

(Arnaldo Jabor)

20081215

always

seja feliz tambem naqueles dias,
não importa as voltas que a vida dê!

essas são algumas frases que aparecem naquela propaganda do absorvente... e é nessa hora que eu agradeço por ter nascido homem! tenho extrema admiração pelas mulheres, elas menstruam... e não só isso, além de toda a tabela que deve ser seguida, não se pode esquecer disso também na hora de transar, porque depois da tpm, também têm noites enjoadas em claro, depressão pós parto, celulite, depilação, seios... é bem complicado essa história toda! eu não daria certo como mulher, estaria sempre irritada, cagada, noiada! e não acho que seja machismo, é completamente compreensível! a fêmea dá a luz... amamenta, cuida... é a lei da natureza! na real eu acho que as feministas até se arrependem da questão sexo frágil, porque se hoje não houvesse tido tanta revolução e queima de sutiãs, elas estariam mais protegidas, porque ao mesmo tempo que querem direitos iguais, o próprio instinto feminino fala mais alto e o emocional prevalece, mesmo com muitas mulheres trabalhadoras, dedicadas, inteligentes! penso um pouco na marge simpsons, é exatamente o esteriótipo de mulher atual... mas com o avanço da tecnologia, dos métodos contraceptivos, chips para cessar a menstruação, body modification, bissexualismo, acredito que o ser humano será um só, mas poucos conseguirão gerar outra vida!

jim davis


Pass This On

I'm in love with your brother
What's his name?
I thought I'd come by
To see him again
When you two danced
Oh what a dance
When you two laughed
Oh what a laugh
Has he mentioned my age love?
Or is he more into young girls with dyed black hair?
I'm in love with your brother
I thought I'd come by

I'm in love with your brother
Yes I am
But maybe I shouldn't ask for his name
And you danced
Oh what a dance
And you laughed
Oh what a laugh
Does he know what I do?
And you'll pass this on, wont you?
And if I ask him once what would he say?
Is he willing?
Can he play?

If I ask him once what would he say?
Is he willing?
Can he play?

Does he know what I do?
And you'll pass this on, wont you?
And if I ask him once what would he say?
Is he willing?
Can he play?

(the knife)

20081211

energia

tive mais um insight e resolvi escrever!
mas quando comecei, percebi
nunca fica igual como quando pensamos, né?
é como um dejavú,
acha que aconteceu,
talvez tenha acontecido,
é uma sensação estranha!
será essa tal energia?
a resposta pra todas as perguntas?

queria dizer que aqui me sinto conectado com muitas pessoas
com o mundo, com tudo! e até com além da vida!
porque quando eu não puder mais estar aqui, escrevendo,
tudo estará registrado aqui!
a não ser que o google quebre, mas acho difícil!
além disso, é a minha memória, eu vou levar...

vou levra minha alma, minha energia
e a mesma que eu citei no começo,
acredito que seja um pouco de cada um...

alx hoera

LIBERTEM A PICHADORA!!!

Abaixo-Assinado (#3309): LIBERTEM A PICHADORA CAROLINE PIVETA DA MOTA:
Destinatário: FUNDAÇÃO DA BIENAL DE SÃO PAULO E MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

No dia da abertura da 28ª Bienal de Artes de São Paulo, 40 pichadores entraram no Pavilhão e "atacaram" com seu design gráfico todo particular o segundo andar o prédio, o local que estava o chamado "vazio" proposto pela curadoria que consistia de paredes e pilastras brancas. Na ocasião, a pichadora Caroline Piveta Mota foi a única detida sob a alegação de depredar o patrimônio público. Acusada de se associar a "milicianos" para "destruir as dependências do prédio", a jovem continua presa.

O que nós, agentes culturais, estranhamos é que existe um paradoxo nesse caso, pois se trata de patrimônio público, mas também de uma mostra de arte contemporânea, local propício para esse tipo de manifestação desde o começo do século 20.

Como escreveu o professor e artista Artur Matuck: "As paredes foram pichadas e repintadas e a mostra não foi prejudicada. Independente da discussao estética, se a pichaçao é ou não arte, se se justifica ou não, a atuação deste grupo ao invadir o prédio da Bienal com um grupo de pichadores, foi também um ato expressivo, foi inequivocamente uma manifestaçao cultural. [...] Uma discussão ampla e bem informada sobre o fenômeno cultural da pichaçao é relevante desde que na medida em que não é validado enquanto expressao artistica pode ser considerado como vandalismo e justificar repressão".

Repressão essa que faz Caroline estar presa até hoje e ainda pegar uma pena de 3 anos.
Por isso pedimos: LIBERTEM A PICHADORA CAROLINE PIVETA DA MOTA!

Dados adicionais:
Endereço para divulgação: http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/3309
criado em 2008-12-11.
autor: Vitor Angelo
categoria: Cultura
Site: http://dusinfernus.wordpress.com/?s=pixo
_

20081209

Você é um bom vendedor?

Um garotão inteligente, vindo da roça, candidatou-se a um emprego numa grande loja de departamentos da cidade. Na verdade, era a maior loja de departamentos do mundo, tudo podia ser comprado ali. O gerente perguntou ao rapaz:
- Você já trabalhou alguma vez?
- Sim, eu fazia negócios na roça.
O gerente gostou do jeitão simples do moço e disse: Pode começar amanhã, no fim da tarde venho ver como se saiu. O dia foi longo e árduo para o rapaz. Às 17h30 o gerente se acercou do novo empregado para verificar sua produtividade e perguntou:
- Quantas vendas você fez hoje?
- Uma!
- Só uma? A maioria dos meus vendedores faz de 30 a 40 vendas por dia.
- De quanto foi a sua venda?
- Dois milhões e meio de reais.
- Como conseguiu isso?
- Bem, o cliente entrou na loja e eu lhe vendi um anzol pequeno, depois um anzol médio e finalmente um anzol bem grande. Depois vendi uma linha fina de pescar, uma de resistência média e uma bem grossa. Para pescaria pesada, sabe. Perguntei onde ele ia pescar e ele me disse que ia fazer pesca oceânica. Eu sugeri que talvez fosse precisar de um barco, então o acompanhei até a seção de náutica e lhe vendi uma lancha importada, de primeira linha. Aí eu disse a ele que talvez um carro pequeno não fosse capaz de puxar a lancha e o levei à seção de carros e lhe vendi uma caminhonete com tração nas quatro rodas.
Perplexo, o gerente perguntou:
-Você vendeu tudo isso a um cliente que veio aqui para comprar um pequeno anzol?
-Não senhor. Ele entrou aqui para comprar um pacote de absorventes para a mulher, e eu disse:
- 'já que o seu fim de semana está perdido, por que o senhor não vai pescar?'

...

fruit de la pasion

era dia de festa, sábado à tarde! uma recompensa por ter trabalhado, apesar do dia não ter sido assim tão ruim: entre um drink e outro toda a função poderia ser cumprida tranquilamente, e era interessante estar naquela cena, ver e ser visto, ganhar dinheiro e fingir naturalidade... aliás, nada mal! encarnar a persona e ser tão excêntrico quanto!

então a chegada triunfante foi surreal: na mesma hora que eu falava de ti, você apareceu! e na real pra você me pareceu indiferente e foi engraçado, porque ao mesmo tempo eu já poderia imaginar como seria mais uma tarde contigo: você não me viu, ou fez que não me viu! já não consigo acreditar que o foco de visão de uma pessoa pode ser assim tão restrito! meus óculos ainda têm as astes grossas, dificultando... e mesmo com o nível alcoólico, não me convenceu, aí foi a primeira do dia, minha implicação!

depois de você reparar em mim, por eu ter aparecido na sua frente e ter feito a cheerleader frenética sinalizando o alfabeto, não bastava nossa presença pra considerarmos uma festa, isso porque outras pessoas já faziam o papel de casal fofo, mesmo sendo o que eu esperava! não demorou muito pra próxima, era fácil! já que vocês não se encontravam desde alguns meses, era só desconsiderar o atual 'relationchip status' de ambos e mais uma vez fazer com que a festa tivesse outra história pra contar! mesmo que antes disso já tivesse rolado drinks nas roupas, o que é irrelevante e desculpável, mas aí, outras três pessoas já estavam envolvidas desnecessariamente: eu por presenciar, e duas outras pessoas vítimas muito bem educadas por sinal... e digo vítimas porque elas não queriam estar alí, não porque eu achei assim, mas porque isso foi mencionado!

mas a animação toda continuava, a gente releva algumas coisas, porque afinal, todos nós somos humanos e a vergonha alheia da pista poderia ser de qualquer um, mas não, tinha que ser você, né? nosso inconsciente agindo e que mal tem nisso? mal nenhum, se o simples fato dessa despretenção toda, comigo e com todos não causasse desconforto... mas sendo dia de festa isso não é previsível? sim, super!

então eu já esperava alguma coisa triunfal, algo assim, que realmente me tirasse do sério, porque não basta eu querer me divertir e não me preocupar! a sua diversão é me gerar esse pânico! um karma... você realmente gosta de todas essas situações, não? eu não gosto e depois de te carregar no colo pela infinitalhésiva vez, conseguimos te convencer que era melhor ficar e descansar! a festa já tinha sido boa demais e nada mais poderia acontecer, a não ser um pedido de um beijo de boa noite que se não houvesse a intervenção, sabe lá se outra festa não iria acontecer...

e sim, fiquei puto! na verdade fiquei triste, me senti excluído, e eu estava ali todas as vezes, do seu lado! mancada, brecha... mas não será cara-de-pau? provocação? não sei se acredito mais no seu discurso fofo que sempre me faz sentir o errado... agora começo a pensar se o fato de ter comprado roupas íntimas novas seja relacionado com um pensamento mais profundo, inconsciente! porque já que eu pude aceitar o começo disso, terei que me acostumar a cada vez uma nova fase, diferente. (terei?)

mulher adora mesmo comprar pra mostrar, passear pelas ruas com uma bela sacola de natal, com suas novas aquisições fazendo inveja/ira nas mulheres e conquistando outros homens...


alx hoera

20081205

encontro marcado

na saída do seu trabalho, às 19 horas, cheguei animado para te encontrar! depois daquela conversa tensa e de todas tantas que tivemos nos últimos tempos, resolvi relaxar! vou entrar de férias logo menos e não tenho que me preocupar mesmo com tanta coisa pequena que não leva a nada, você tem razão! então, vamos deixar nossos destinos tomarem conta das nossas vidas e foi ótimo não fazer nenhuma parada social e incerta; melhor ascender aquele beck e traçar um novo caminho para o parque, tranqüilo, sem o caos que é são paulo, a conversa até flui melhor! risadas, carinhos, gongadas, declarações espontâneas de amor, alfinetadas, planos, nóias... você sabe o quanto é importante pra mim ter todos esses momentos! somos intensos...
na chegada ao parque, essencial foi sentar no banquinho pra contemplar o lago, fumar um cigarro e perceber que nossos encontros sempre tem algo de especial, desde o primeiro: as luzes da fonte nos chamou, tivemos que seguí-la! enquanto isso, é anunciado o começo do balé das águas, ao chegar no deck, era impressionante como aquilo poderia estar acontecendo para nós: para nós! apesar de você não ter nenhuma paciência e não aguentar meus comentários, me surpreendi, confesso! a noite já não seria tão comum assim e caminhando até o estacionamento, nos deparamos mais uma vez com o inesperado! como iríamos saber que a bienal (do vazio) ainda estava rolando... e todas aquelas pessoas animadas-performáticas-wannabe-hype-new-ravers-new-hippies-modernos-descolados-blasès estavam simulando uma loucura coletiva que provavelmente estavam mesmo vivenciando e o bar foi nossa parada antes de ir pra casa: caras conhecidas, conversas sobre deslumbramento e o retorno cansado pra casa, achei ótimo! a companhia, a cumplicidade, mesmo que seja dentro de um ônibus final de carreira! a gente economiza o taxi pra próxima aventura... (tipo da national geografic tupiniquim com um gambá passeando, comendo e subindo na árvores somos nozes do parque!)

e como é bom chegar contigo e poder encontrar com sua mãe ainda acordada, fazendo velas para o natal (você vai precisar de...) e poder manter uma conversa sóbria e divertida, enquanto sua irmã desce, assim, despretenciosamente para se juntar a nossa conversa animada de final de noite, antes mesmo da gongação do vestido de formatura e do bolo de chocolate!

agora, era a hora de dormir, depois de passar a noite juntos acordados, dormiríamos abraçados, como gostaria e penso todas as noites em casa, abraçando o travesseiro que você me deu de dia dos namorados... apesar do cansasso, o tesão ainda é maior e eu te quero, eu te desejo... mas você dormiu, eu te olho, te admiro! percebo o quanto está crescendo, está mundando, está amadurecendo! nunca tive uma relação assim com ninguém, fazer parte da vida assim tão profundamente, me admiro, mas tenho medo, não quero te perder, sim, sou egoísta! ainda mais e agora, cada dia conquistando um pouco mais do mundo, dorme tranquilo enquanto eu continuo noiado... mas vou te deixar em paz, a sua felicidade é a minha felicidade e se nossas vidas mostram ou nos fazem escolher dentre todas as opções, não é à toa que me preocupe, porque faz parte da minha vida, já é...


alx hoera

Radio Pirata

20081204

Acabei de receber por e-mail e tive que publicar! Além de não curtir o Natal por causa de tanta hipocrisia, porque acho que assim, se teve enchente de lama em Santa Catarina, é lógico que o povo brasileiro, solidário como é, vai ajudar! Porém, porque isso não acontece uma vez por mês em cada um dos Estados brasileiros que são prejudicados incessavelmente? E o Governo, porque não cria uma verba para desastres naturais? Se não fosse Natal, será que o povo se motivaria tanto assim? Além disso, as pessoas esqueceram o caso Isabella e Eloá? Ou toda a corrupção? Preguiça...

Bom, mas voltando: dizem que o fato abaixo aconteceu de verdade numa grande empresa aqui em São Paulo. Dá pra perceber como é difícil agradar a todos! Leia até o final! É ótimo! (E desconsidere o desabafo a cima... ou não!!!)



__________________________________________________

Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos

COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 01 de dezembro
Assunto: Festa de Natal

Tenho o prazer de informar que a festa de Natal da empresa será no dia 23 de dezembro, com início ao meio-dia, no salão de festas privativo da Churrascaria Grill House. O bar estará aberto com várias opções de bebidas. Teremos uma pequena banda tocando canções tradicionais de natal...sinta-se à vontade para se juntar ao grupo e cantar! A árvore de Natal terá suas luzes acesas às 13:00. A troca de presentes de amigo secreto pode ser feita a qualquer momento, entretanto, nenhum presente deverá exceder R$20,00, a fim de facilitar as escolhas e adequar os gastos a todos os bolsos. Boas festas para vocês e suas famílias,

Patrícia

__________________________________________________

Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos

COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 02 de dezembro
Assunto: Festa de Natal

De maneira alguma nosso memorando de 01 de dezembro pretendeu excluir nossos funcionários judeus! Reconhecemos que o Chanukah é um feriado importante e que costumam coincidir com o Natal, mas isso não aconteceu este ano. De qualquer forma, passaremos a chamá-la de 'Festa de Final de Ano'. A mesma política se aplica a todos os outros funcionários que não sejam cristãos e àqueles que ainda celebram o Dia da Reconciliação. Não haverá árvore de Natal. Nada de canções de natal nem coral. Teremos outros tipos de música para seu entretenimento. Felizes agora? Boas festas para vocês e suas famílias,

Patrícia

__________________________________________________

Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos

COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 03 de dezembro
Assunto: Festa de Natal

Com relação ao bilhete que recebi de um membro do Alcoólicos Anônimos solicitando uma mesa para pessoas que não bebem álcool... você não assinou seu nome! Fico feliz em atender o pedido, mas se eu puser uma placa na mesa 'Exclusivo para AA', vocês não serão mais anônimos... Como faço então? Nenhuma troca de presentes será permitida, uma vez que os membros do sindicato acham que R$20,00 é muito dinheiro e os executivos acham que $20,00 é muito pouco para um presente. NENHUMA TROCA DE PRESENTES SERÁ PERMITIDA, certo?

Patrícia

__________________________________________________

Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos

COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 07 de dezembro
Assunto: Festa de Natal

Eu não sabia que no dia 20 de dezembro começa o mês sagrado do Ramadan para os muçulmanos, que proíbe comer e beber durante as horas do dia. Talvez a Churrascaria Grill House possa segurar o serviço de bufê até o fim do dia - ou então, embalar tudo para que vocês levem para casa nas marmitas. O que vocês acham disso? Novidades: neste meio tempo, consegui que os membros do Vigilantes do Peso sentem o mais longe possível do bufê de sobremesas; as mulheres grávidas sentem-se o mais perto possível dos banheiros; teremos assentos mais altos para pessoas baixas e comida com baixa-caloria estará disponível para os que estão de dieta. Nós não podemos controlar a quantidade de sal utilizada na comida. Desta forma, sugerimos para estas pessoas com pressão alta provar o gosto primeiro. Haverá frutas frescas de sobremesa para os diabéticos. O restaurante não dispõe de sobremesas sem açúcar. Nossas profundas desculpas. Esqueci de alguma coisa?

Patrícia

__________________________________________________

Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos
COMUNICADO PARA TODOS FILHOS DA PUTA QUE TRABALHAM NESTA EMPRESA.
Data: 08 de dezembro
Assunto: Festa de Natal DO CARALHO

Vegetarianos!?!?!??! Sim, vocês também tinham que dar sua opinião de merda ou reclamar de alguma coisa!!! Nós manteremos o local da festa na Churrascaria Grill House; quem não gostar, foda-se! Então, como alternativa, seus putos, vocês podem sentar-se quietinhos na mesa mais distante possível da tal 'churrasqueira da morte' - como vocês se referiram de forma bastante depreciativa ao utensílio. E vocês terão também sua mesa de saladas de merda, incluindo tomates hidropônicos da casa do caralho & arrozinho grudento pra comer de pauzinho. Aqueles que, naturalmente, ainda não gostaram, podem enfiar tudo no cu. Ah, espero que vocês todos tenham uma bosta de festa de final de ano! E que dirijam muito, muito bêbados e morram todos, todinhos esturricados por aí.

Escutaram?

A Vaca, diretamente da puta que os pariu.

__________________________________________________

Dr. Pacheco - Diretor de Recursos Humanos INTERINO
COMUNICADO PARA TODOS OS funcionários
Data: 10 de dezembro
Assunto: Patrícia Gomes e Festa de Final de Ano

Tenho certeza que falo por todos desejando para a Patrícia um rápido estabelecimento para sua crise de stress. Por conta deste fato, a diretoria decidiu cancelar a Festa de Final de Ano e dar folga remunerada para todos na tarde do dia 23 de dezembro.

Boas Festas,

Pacheco

Tempo de Fingir

Estou me sentindo um rascunho, estou me sentindo inexperiente, estou no início da minha vida
Vamos fazer algumas músicas, fazer algum dinheiro, encontrar algumas modelos para esposas
Vou me mudar para Paris, vou atirar algumas heroínas* e transar com as estrelas
Você homem da ilha e da cocaína e dos carros elegantes.

É nossa decisão viver rapidamente e morrer jovem
Nós tivemos a visão, agora vamos ter um pouco de diversão
Sim, é esmagador, mas o que mais nós podemos fazer?
Arranjar empregos em escritórios e acordarmos de manhã para ir para o trabalho?

Esqueça sobre nossas mães e nossos amigos
Nós fomos destinados a fingir

Eu vou sentir falta dos parques, dos animais e de cavar a terra para tirar minhocas
Eu vou sentir falta do comforto da minha mãe e do peso do mundo
Eu vou sentir falta da minha irmã, sentir falta do meu pai, sentir falta do meu cachorro e da minha casa
Sim, eu vou sentir falta do aborrecimento, da liberdade e do tempo gasto sozinho.

Mas não há nada, nada que possamos fazer
O amor deve ser esquecido. A vida sempre pode começar de uma nova maneira
As modelos terão filhos, nós vamos nos divorciar
Nós vamos encontrar algumas outras modelos, tudo deve seguir seu curso

Nós vamos asfixiar no nosso vômito e esse será o fim
Nós fomos predestinados para fingir
Sim, sim, sim...

time to pretend - mgmt (tradução)

Rápido e Rasteiro

Vai ter uma festa
que eu vou dançar
até o sapato pedir pra parar.

aí eu paro
tiro o sapato
e danço o resto da vida.
(Chacal)

20081202

Homem fiel???

Foi lendo um monte de besteiras que as mulheres escrevem em livros sobre o 'universo masculino', que resolvi escrever esse texto. Isso vai ajudar as mulheres a entenderem os homens e, enfim, pararem de tentar nos mudar com métodos ineficazes. Vou começar de sola. Se não estiver preparada nem continue a ler. E digo com segurança: o que escrevo aqui se aplica a 99,9% dos homens baianos e brasileiros (sem medo de errar).


Não existe homem fiel. Vc já pode ter ouvido isso algumas vezes, mas afirmo com propriedade. Não é desabafo. É palavra de homem que conhece muitos homens e que conhecem, por sua vez, muitos homens. Nenhum homem é fiel, mas pode estar fiel ou porque está apaixonado, algo que não dura muito tempo - no máximo alguns meses - nem se iluda ou porque está cercado por todos os lados (veremos adiante que não adianta cercá-lo. (Isso vai se voltar contra vc). A única exceção é o crente extremamente convicto. Se vc quer um homem que seja fiel, procure um crente daqueles bitolados, mas agüente as outras conseqüências.


Não desanime. O homem é capaz de te trair e de te amar ao mesmo tempo. A traição do homem é hormonal, efêmera, para satisfazer a lascívia. Não é como a da mulher. Mulher tem que admirar para trair; ter algum envolvimento. O homem só precisa de uma bunda. A mulher precisa de um motivo para trair, o homem precisa de uma mulher.


Não fique desencantada com a vida por isso. A traição tem seu lado positivo. Até digo, é um mal necessário. O cara que fica cercado, sem trair é infeliz no casamento, seu desempenho sexual diminui (isso mesmo, o desempenho com a esposa diminui), ele fica mal da cabeça. Entenda de uma vez por todas: homens e mulheres são diferentes. Se quiser alguém que pense como vc, vire lésbica (várias já fizeram isso e deu certo), ou case com um viado enrustido que precisa de uma mulher para se enquadrar no modelo social. Todo ser humano busca a felicidade, a realização. E a realização nada mais é do que a sensação de prazer (isso é química, tá tudo no cérebro). A mulher se realiza satisfazendo o desejo maternal, com a segurança de ter uma família estruturada e saudável, com um bom homem ao lado que a proteja e lhe dê carinho. O homem é mais voltado para a profissão e para a realização pessoal e a realização pessoal dele vêm de diversas formas: pode vir com o sentimento de paternidade, com uma família estruturada, etc. mas nunca vai vir se não puder acesso a outras fêmeas e se não puder ter relativo sucesso na profissão. Se vc cercar seu homem (tipo, mulher que é sócia do marido na empresa. O cara não dá um passo no dia-a-dia (sem ela) vc vai sufocá-lo de tal forma que ele pode até não ter espaço para lhe trair, mas ou seu casamento vai durar pouco, ele vai ser gordo (vai buscar a fuga na comida) e vai ser pobre (por que não vai ter a cabeça tranqüila para se desenvolver profissionalmente. (Vai ser um cara sem ambição e sem futuro).


Não tente mudar para seu homem ser fiel. Não adianta. Silicone, curso de dança sensual, se vestir de enfermeira, etc... nada disso vai adiantar. É lógico que quanto mais largada vc for, menor a vontade do homem de ficar com vc e maior as chances do divórcio. Se ser perfeita adiantasse, Julia Roberts não tinha casado três vezes. Até Gisele Bunchen foi largada por Di Caprio, não é vc que vai ser diferente (mas é bom não desanimar e sempre dar aquela malhadinha). O segredo é dar espaço para o homem viajar nos seus desejos (na maioria das vezes, quando ele não está sufocado pela mulher ele nem chega a trair, fica só nas paqueras, troca de olhares). Finja que não sabe que ele dá umas pegadas por fora. Isso é o segredo para um bom casamento. Deixe ele se distrair, todos precisam de lazer.


Se vc busca o homem perfeito, pode continuar vendo novela das seis. Eles não existem nesse conceito que vc imagina. Os homens perfeitos de hoje são aqueles bem desenvolvidos profissionalmente que traem esporadicamente (uma vez a cada dois meses, por exemplo), mas que respeitam a mulher, ou seja, não gastam o dinheiro da família com amantes, não constituem outra família não traem muitas vezes, não mantêm relações várias vezes com a mesma mulher (para não criar vínculos) e, sobretudo, são muuuuuito discretos: não deixam a esposa (e nem ninguém da sua relação, como amigas, familiares, etc saberem). Só, e somente só, um amigo ou outro DELE deve saber, faz parte do prazer do homem contar vantagem sexual. Pegar e não falar para os amigos é pior do que não pegar. As traições do homem perfeito geralmente são numa escapulida numa boite, ou com uma garota de programa (usando camisinha e sem fazer sexo oral nela), ou mesmo com uma mulher casada de passagem por sua cidade. O homem perfeito nunca trai com mulheres solteiras. Elas são causadoras de problemas. Isso remete ao próximo tópico.


ESSE TÓPICO NÃO É PARA AS ESPOSAS É PARA AS SOLTEIRAS OU AMANTES: Esqueçam de uma vez por todas esse negócio de homem não gosta de mulher fácil. Homem adora mulher fácil. Se 'der' de prima então, é o máximo. Todo homem sabe que não existe mulher santa. Se ela está se fazendo de difícil ele parte para outra. A demanda é muito maior do que a procura. O mercado ta cheio de mulher gostosa. O que homem não gosta é de mulher que liga no dia seguinte. Isso não é ser fácil, é ser problemática (mulher problema). Ou, como se diz na gíria, é pepino puro. O fato de você não ligar para o homem e ele gostar de você, não quer dizer que foi por você se fazer de difícil, mas sim por vc não representar ameaça para ele. Ele vai ficar com tanta simpatia por vc que vc pode até conseguir fisgá-lo e roubá-lo da mulher. Ele vai começar a se envolver sem perceber. Vai começar ELE a te procurar. Se ele não te procurar era porque ele só queria aquilo mesmo. Parta para outro e deixe esse de stand by. Não vá se vingar, você só piora a situação e não lucra nada com isso. Não se sinta usada, você também fez uso do corpo dele - faz parte do jogo; guarde como um momento bom de sua vida.


90% dos homens não querem nada sério. Os 10% restantes estão momentaneamente cansados da vida de balada ou estão ficando com má fama por não estarem casados ou enamorados; por isso procuram casamento. Portanto, são máximas as chances do homem mentir em quase tudo que te fala no primeiro encontro (ele só quer te comer, sempre). Não seja idiota, aproveite o momento, finja que acredita que ele está apaixonado, dê logo para ele (e corra o risco de fisgá-lo) ou então nem saia com ele. Fazer doce só agrava a situação, estamos em 2008 e não em 1958. Esqueça os conselhos da sua avó, os tempos são outros.


Para ser uma boa esposa e para ter um casamento pelo resto da vida faça o seguinte: Tente achar o homem perfeito do 5º item, dê espaço para ele. Não o sufoque. Ele precisa de um tempo para sua satisfação. Seja uma boa esposa, mantenha-se bonita, malhe, tenha uma profissão (não seja dona de casa), seja independente e mantenha o clima legal em casa.


Nada de sufocos, de 'conversar sobre a relação', 'DR' então, passe longe (o homem não vai entender nada mesmo do que vc for falar), nada de ficar mexendo no celular dele, de ficar apertando o cerco, etc. Vc pode até criar 'muros' para ele, mas crie muros invisíveis e não muito altos. Se ele perceber ou ficar sem saída, vai se sentir ameaçado e o casamento vai começar a ruir.

10º
A última dica: Se vc está revoltada por este e-mail, aqui vai um conselho: vá tomar uma água e volte para ler com o espírito desarmado. Se revoltar quanto ao que está escrito não vai resolver nada em sua vida. Acreditar que o que está aqui é mentira ou exagero pode ser uma boa técnica (iludir-se faz parte da vida, se vc é dessas, boa sorte!). Mas tudo é a pura verdade. Seu marido/noivo/namorado te ama, tenha certeza,senão não estaria com vc, mas trair é como um remédio; um lubrificante para o motor do carro. Isso é científico. O homem que vc deve buscar para ser feliz é o homem perfeito do item 5º. Diferente disso ou é crente, ou viado ou tem algum trauma (e na maioria dos casos vão ser pobres). O que vc procura pode ser impossível de achar, então, procure algo que vc pode achar e seja feliz ao invés de passar a vida inteira procurando algo indefectível que vc nunca vai encontrar. Espero ter ajudado em alguma coisa. Agora , depois de tudo isso dito, cadê a coragem de mandar este e-mail para minha mulher??
(Arnaldo Jabor)

20081201

Lula já fez Carta para Papai Noel

e você, ja fez a sua?

...

“Ninguém pode construir em teu lugar as pontes que precisarás passar, para atravessar o rio da vida – ninguém, exceto tu, só tu. 
Existem, por certo, atalhos sem-número, e pontes, e semideuses que se oferecerão para levar-te além do rio; 
mas isso te custaria a tua própria pessoa: tu te hipotecarias e te perderias. 
Existe no mundo um único caminho por onde só tu podes passar. 
Onde leva? Não perguntes, segue-o.”

Friedrich Nietzsche

20081129

língua alemã



A língua alemã é relativamente fácil. Todos aqueles que conhecem as línguas derivadas do latim e estão habituados a conjugar alguns verbos podem aprendê-la rapidamente. Isso dizem os professores de alemão logo na primeira lição.

Primeiro, pegamos um livro em alemão, neste caso, um magnífico volume, com capa dura, publicado em Dortmund, e que trata dos usos e costumes dos índios australianos Hotentotes (em alemão "Hottentotten").

Conta o livro que os cangurus (Beutelratten) são capturados e colocados em jaulas (Kotter), cobertas com uma tela (Lattengitter) para protegê-los das intempéries. Estas jaulas, em alemão, chamam-se jaulas cobertas com tela (Lattengitterkotter) e quando possuem em seu interior um canguru, chamamos ao conjunto de "jaula coberta de tela com canguru" (Beutelrattenlattengitterkotter).

Um dia, os Hotentotes prenderam um assassino (Attentäter), acusado de haver matado uma mãe (Mutter) hotentote Hottentottermutter), mãe de um garoto surdo e mudo (Stottertrottel). Esta mulher, em alemão, chama-se Hottentottenstottertrottelmutter e a seu assassino chamamos, facilmente, Hottentottenstottertrottelmutterattentäter.

No livro, os índios o capturaram e, sem ter onde colocá-lo, puseram-no numa jaula de canguru (Beutelrattenlattengitterkotter). Mas, acidentalmente, o preso escapou. Após iniciarem uma busca, rapidamente vem um guerreiro Hotentotes gritando:

- "Capturamos um assassino!" (Attentäter)
- "Qual?? - pergunta o chefe indígena."

- "O Lattengitterkotterbeutelrattenattentäter" - comenta o guerreiro.

- "Como? O assassino que estava na jaula de cangurus coberta de tela? diz o chefe dos Hotentotes."

- "Sim" - responde a duras penas o indígena.
O Hottentottenstottertrottelmutterattentäter (assassino da mãe do garoto surdo e mudo)".

- "Ah, demônios" - diz o chefe - você poderia ter dito desde o início que havia capturado o Beutelrattenlattengitterkotterhottentotterstottertrottelmutterattentäter (assassino da mãe do garoto surdo e mudo que estava na jaula de cangurus coberta de tela)".

Assim, através deste exemplo, podemos ver que o alemão é facílimo e simplifica muito as coisas. Extremamente simples, não é mesmo?

*achei aqui!

20081125

frase da vez!

"Devido às quebras de bancos, crise sub-prime, queda nas bolsas, 
cortes nos orçamentos, crise nos combustíveis, e, 
pelo racionamento mundial de energia, 
informamos que a famosa luz no fim do túnel 
será desligada."

Razão, Estação ou uma Vida Inteira

Pessoas entram na sua vida por uma "Razão", uma "Estação" ou uma "Vida Inteira".
Quando você percebe qual deles é, você vai saber o que fazer por cada pessoa.
Quando alguém está em sua vida por uma "Razão"...
é geralmente, para suprir uma necessidade que você demostrou.
Eles vêm para auxiliá-lo numa dificuldade, te fornecer orientação e apoio,
ajudá-lo física, emocional ou espiritualmente.
Eles poderão parecer como uma dádiva de Deus, e eles são!
Eles estão lá pela razão que você precisa que eles estejam lá.

Então, sem nenhuma atitude errada de sua parte, ou em uma hora inconveniente,
esta pessoa vai dizer ou fazer alguma coisa para levar essa relação a um fim.
Ás vezes, essas pessoas morrem.
Ás vezes, eles simplesmente se vão.
Às vezes, eles agem e te forçam a tomar uma posição.

O que devemos entender é que nossas necessidades foram atendidas,
nossos desejos preenchidos e o trabalho deles, feitos.
As suas orações foram atendidas.
E agora é tempo de ir.

Quando pessoas entram em nossas vidas por uma "Estação",
é porque chegou sua vez de dividir, crescer e aprender.
Eles trazem para você a experiência da paz, ou fazem você rir.
Eles poderão ensiná-lo algo que você nunca fez.
Eles, geralmente, te dão uma quantidade enorme de prazer.
Acredite!
É real!
Mas somente por uma "Estação".

Relacionamentos de uma "Vida Inteira" te ensinam lições para a vida inteira:
coisas que você deve construir para ter uma formação emocional sólida.
Sua tarefa é aceitar a lição, amar a pessoa,
e colocar o que você aprendeu em uso em todos os outros relacionamentos e áreas de sua vida.
É dito que o amor é cego, mas a amizade é clarividente

20081119

pianista cega de cinco anos!

feministas...

Novo Curso de Formação para Homens

INSCRIÇÕES ABERTAS (vagas limitadas!)

OBJETIVO PEDAGÓGICO:
Permite aos homens desenvolver a parte do corpo da qual ignoram a existência (o cérebro).


SÃO 4 MÓDULOS:

Módulo 1: Introdução (Obrigatório)

1. Aprender a viver sem a mamãe (2.000 horas)
2. Minha mulher não é minha mãe (350 horas)
3. Entender que não se classificar para o Mundial não é a MORTE (500 hs)


Módulo 2: Vida a dois

1. Ser pai e não ter ciúmes do filho (50 horas)
2. Deixar de dizer impropérios quando a mulher recebe suas amigas (500 hs)
3. Superar a síndrome do ' o controle remoto é meu' (550 horas)
4. Não urinar fora do vaso ( 1.000 horas - exercícios práticos em vídeo)
5. Entender que os sapatos não vão sozinhos para o armário (800 hs)
6. Como chegar ao cesto de roupa suja (500 horas)
7. Como sobreviver a um resfriado sem agonizar (450 horas)


Módulo 3: Tempo livre

1. Passar uma camisa em menos de duas horas (exercícios práticos)
2. Tomar a cerveja sem arrotar, quando se está à mesa (exercícios práticos)


Módulo 4: Curso de cozinha

1. Nível 1 (principiantes - os eletrodomésticos) ON/OFF = LIGA/DESLIGA
2. Nível 2 (avançado) minha primeira sopa instantânea sem queimar a Panela
3. Exercícios práticos - ferver a água antes de por o macarrão


CURSOS COMPLEMENTARES:

POR RAZÕES DE DIFICULDADE, COMPLEXIDADE E ENTENDIMENTO DOS TEMAS, OS CURSOS TERÃO NO MÁXIMO 3 ALUNOS.
1. A eletricidade e eu: vantagens econômicas de contar com um técnico competente para fazer reparos;
2. Cozinhar e limpar a cozinha não provoca impotência nem homossexualidade (práticas em laboratório);
3. Porque não é crime presentear com flores, embora já tenha se casado com ela;
4. O rolo de papel higiênico: Ele nasce ao lado do vaso sanitário? (biólogos e físicos falarão sobre o tema da geração espontânea)
5. Como baixar a tampa do vaso passo a passo (teleconferência);
6. Porque não é necessário agitar os lençóis depois de emitir gases intestinais (exercícios de reflexão em dupla);
7. Os homens dirigindo, podem SIM, pedir informação sem se perderem ou correr o risco de parecerem impotentes (testemunhos);
8. O detergente: doses, consumo e aplicação. Práticas para evitar acabar com a casa;
9. A lavadora de roupas: esse grande mistério!!
10. Diferenças fundamentais entre o cesto de roupas sujas e o chão (exercícios com musicoterapia);
11. A xícara de café: ela levita, indo da mesa à pia? ( exercícios Dirigidos por Mister M);
12. Analisar detidamente as causas anatômicas, fisiológicas e/ou psicológicas que não permitem secar o banheiro depois do banho.
_

20081114

(F)


[+]

Filmes

CURTA MIX BRASIL

(f) (Felipe Dall’Anese, 2008, Brasil, 16')

Um jovem passeia numa tarde ensolarada de domingo por uma rua perto de onde mora. Observando os pequenos detalhes do mundo à sua volta, ele tira fotos e fuma um antes de ir a um encontro estranho e embaraçoso.

Horários

SÃO PAULO
(faz parte do programa Sexy Boys):
CINESESC - 15/11 (sábado) - 24h00
ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA SALA 1 - 20/11 (quinta-feira) - 18h50

20081113

o melhor e-mail de 2008...

Feriados 2009 - Brasil

01/01/09 - quinta-feira: Confraternização Universal
23/02/09 - segunda-feira: Carnaval
24/02/09 - terça-feira: Carnaval
10/04/09 - sexta-feira: Paixão de Cristo
21/04/09 - terça-feira: Tiradentes
01/05/09 - sexta-feira: Dia do Trabalho
11/06/09 - quinta-feira: Corpus Christi
07/09/09 - segunda-feira: Independência do Brasil
12/10/09 - segunda-feira: Nossa Sra. Aparecida - Padroeira do Brasil
02/11/09 - segunda-feira: Finados
15/11/09 - domingo: Proclamação da República
20/11/09 - sexta-feira: Zumbi/Consciência Negra
25/12/09 - sexta-feira: Natal

Ao todo serão:

8 Feriados na Seg/Sex
4 Feriados na Ter/Qui

Total: 12 Feriados (em dia útil)

Não deixe para o próximo ano o que você pode fazer neste porque em 2009 você estará muito ocupado(a) na praia...

20081110

hiep hiep hoera!


horea_alex to me
show details 6:00 PM (5 hours ago)

Reply

Você recebeu um FlickrMail de horea_alex:

------------------------------------------------------------

:: the name...


yes this is my name and yes it's very similar...
This are my first names Alexandru and Horea. And from
Alexandru it came to Alex.
But the people are calling me Horea...

All the best Alex Hoera from Alex Horea -))

------------------------------------------------------------

20081107

real photoshop!

dicionário das loiras


Abismado: Sujeito que caiu de um abismo
Pressupor: Colocar preço em alguma coisa.
Biscoito: Fazer sexo duas vezes.
Padrão: Padre muito alto.
Estouro: Boi que sofreu operação de mudança de sexo.
Democracia: Sistema de governo do inferno.
Barracão: Proíbe a entrada de caninos.
Homossexual: Sabão em pó para lavar as partes íntimas.
Ministério: Aparelho de som de dimensões muito reduzidas.
Edifício: Antônimo de 'é fácil'.
Detergente: Ato de prender seres humanos.
Armarinho: Vento proveniente do mar.
Eficiência: Estudo das propriedades da letra F.
Conversão: Papo prolongado.
Barganhar: Receber um botequim de herança.
Fluxograma: Direcção em que cresce o capim.
Halogênio: Forma de cumprimentar pessoas muito inteligentes.
Unção: Erro de concordância verbal. O certo seria 'um é'.
Expedidor: Mendigo que mudou de classe social.
Luz solar: Sapato que emite luz por baixo.
Cleptomaníaco: Mania por Eric Clapton.
Tripulante: Especialista em salto triplo.
Contribuir: Ir para algum lugar com vários índios.
Aspirado: Carta de baralho completamente maluca.
Coitado: Pessoa vítima de coito.
Cerveja: O sonho de toda revista.
Regime Militar: Rotina de dieta e exercícios feitos pelo exército.
Bimestre: Mestre em duas artes marciais.
Caçador: Indivíduo que procura sentir dor.
Suburbano: Habitante dos túneis do metrô.
Volátil: Avisar ao tio que você vai lá.
Assaltante: Um 'A' que salta.
Determine: Prender a namorada de Mickey Mouse.
Pornográfico: O mesmo que colocar no desenho.
Coordenada: Que não tem cor.
Presidiário: Aquele que é preso diariamente.
Ratificar: Tornar-se um rato.
Violentamente: Viu com lentidão.
Diabetes: As dançarinas do diabo.

Porque os homens devem pagar o motel!

Quando um homem chama uma mulher para sair, não sabe o grau de estresse que isso desencadeia em nossas vidas. Durante muito tempo, fiquei achando que eu era uma estressada maluca que não sabia lidar com isso, mas conversando com diversas pessoas, cheguei à conclusão de que esse estresse é um denominador comum a quase todas as mulheres, ainda que em graus diferentes (ou será que sou eu que só ando com gente estressada?). O que venho contar aqui hoje é mais dedicado aos homens do que às mulheres. Acho importante que eles saibam o que se passa nos bastidores.

Você, mulher, está flertando um Zé Ruela qualquer. Com sorte, ele acaba te chamando para sair. Vamos supor, um jantar. Pronto, acabou seu último minuto de paz. Ele diz, como se fosse a coisa mais simples do mundo 'Vamos jantar amanhã?'. Você sorri e responde, como se fosse a coisa mais simples do mundo: 'Claro, vamos sim'.

Começou o inferno na Terra. Foi dada a largada. Você começa a se reprogramar mentalmente e pensar em tudo que tem que fazer para estar apresentável até lá. Cancela todos os seus compromissos canceláveis e começa a odisséia. Evidentemente, você também pára de comer, afinal, quer estar em forma no dia do jantar e mulher sempre se acha gorda. Daqui pra frente, você começa a fazer a dieta do queijo: fica sem comer nada o dia inteiro e quando sente que vai desmaiar come uma fatia de queijo. Muito saudável.

Primeira coisa: fazer mãos e pés. Quem se importa se é inverno e você provavelmente vai usar uma bota de cano alto? Mãos e pés tem que estar feitos - e lá se vai uma hora do seu dia. Vocês (homens) devem estar se perguntando 'Mão tudo bem, mas porque pé, se ela vai de botas?' Lei de Murphy. Sempre dá merda. Uma vez pensei assim e o infeliz me levou para um restaurante japonês daqueles em que tem que tirar o sapato para sentar naqueles tatames. Tomei no cu bonito! Tive que tirar o sapato com aquela sola do pé cracuda, esmalte semi-descascado e cutícula do tamanho de um champignon! Vai que ele te coloca em alguma outra situação impossível de prever que te obriga a tirar o sapato? Para nossa paz de espírito, melhor fazer mão e pé, até porque boa parte dessa raça tem uma tara bizarra por pé feminino. OBS: Isso me emputece. Passo horas na academia malhando minha bunda e o desgraçado vai reparar justamente onde? Na porra do pé! Isso é coisa de... Melhor mudar de assunto...

As mais caprichosas, além de fazer mão e pé, ainda fazem algum tratamento capilar no salão: hidratação, escova, corte, tintura, retoque de raiz, etc. Eu não faço, mas conheço quem faça. E nessa se vai mais uma hora do seu dia.

Dependendo do grau de importância que se dá ao Zé Ruela em questão, pode ser que a mulher queira comprar uma roupa especial para sair com ele. Mais horas do seu dia. Ou ainda uma lingerie especial, dependendo da ocasião. Pronto, mais horas do dia. Se você trabalha, provavelmente vai ter que fazer as unhas na hora do almoço e correr para comprar roupa no final do dia em um shopping.

Ah sim, já ia esquecendo. Tem a depilação. Essa os homens não podem nem contestar. Quem quer sair com uma mulher não depilada, mesmo que seja apenas para um inocente jantar? Lá vai você depilar perna, axila, buço, virilha, sobrancelha, etc, etc. Tem mulher que depila até o cu! Mulher sofre! E lá se vai mais uma hora do seu dia. E uma hora bem dolorida, diga-se de passagem.

Parabéns, você conseguiu montar o alicerce básico para sair com alguém. Pode ir para a cama e tentar dormir, se conseguir. Eu não consigo, fico nervosa. Se prepare, o dia seguinte vai ser tumultuado. Ah, sim, você vai dormir COM FOME. A dieta do queijo continua.

Dia seguinte. É hoje seu grande dia. Quando vou sair com alguém, faço questão da dar uma passada na academia no dia, para malhar desumanamente até quase cuspir o pulmão. Não, não é para emagrecer, é para deixar minha bunda e minhas pernas enormes e durinhas (elas ficam inchadas depois de malhar). Mas supondo que você seja uma pessoa normal, vai usar esse tempo para algo mais proveitoso.

Geralmente, o Zé Ruela não comunica onde vai levar a gente. Surge aquele dilema da roupa. Com certeza você vai errar, resta escolher se quer errar para mais ou para menos. Se te serve de consolo, ele não vai perceber. Alias, ele não vai perceber nada. Você pode aparecer de Armani ou enrolada em um saco de batatas, tanto faz. Eles não reparam em detalhe nenhum, mas sabem dizer quando estamos bonitas (só não sabem o porquê). Mas, é como dizia Angie Dickinson: 'Eu me visto para as mulheres e me dispo para os homens'. Não tem como, a gente se arruma, mesmo que eles não reparem.

E não adianta pedir indicação de roupa para eles, os malditos não dão sequer uma pista! Claro, para eles é muito simples, as 'Madames' só precisam tomar uma chuveirada, vestir uma Camisa Pólo e uma calça e estão prontos, seja para o show de rock, seja para um fondue. Nesse pequeno cérebro do tamanho de um caroço de uva só existem três graduações de roupa: Bermuda + Chinelo, Jeans + Pólo, Calça Social + Camisa Social. Quando você pergunta se tem que ir arrumada é quase certo que 'Madame' abra a boca e diga 'sei lá, normal, roupa normal'. Eles não sabem que isso não ajuda em nada.

Escolhida a roupa, com a resignação de que você vai errar, para mais ou para menos, vem a etapa do banho. Para mim é uma coisa simples: shampoo + sabonete. Mas para muitas não é. Óleos, sabonetes aromáticos, esfoliação (horrível que seja com 's', né? deveria ser com 'x'), etc. E o cabelo? Bom, por sorte meu cabelo é bonzinho, não faz a menor diferença se eu lavar com um shampoo caro ou se lavar com Omo, fica a mesma coisa. Mas tem gente que tem que fazer uma lavagem especial, com cremes e etc. E depois ainda vem a chapinha, prancha e/ou secador.

Depois do banho e do cabelo, vem a maquiagem. Nessa etapa eu perco muito tempo. Lá vai a babaca separar cílio por cílio com palito de dente depois de passar rímel. Melhor nem contar tudo que eu faço em matéria de maquiagem, se não vocês vão me achar maluca, digo, mais maluca. Como dizia Napoleão Bonaparte, 'Mulheres tem duas grandes armas: lágrimas e maquiagem'. Considerando que não faço uso das primeiras, me permito abusar da segunda. Se você for uma pessoa normal, não perde nem vinte minutos passando maquiagem.

Depois vem a hora de se vestir. Homens não entendem, mas tem dias que a gente acorda gorda. É sério, no dia anterior o corpo estava lindo e no dia seguinte... PORCA! Não sei o que é (provavelmente nossa imaginação), mas eu juro que acontece. Muitas vezes você compra uma roupa para um evento, na loja fica linda e na hora de sair fica um cu. Se for um desses dias em que seu corpo está um cu e o espelho está de sacanagem com a sua cara, é provável que você acabe com um pilha de roupas recusadas em cima da cama, chorando, com um armário cheio de roupa e gritando 'EU NÃO TENHO ROOOOOUUUUUPAAAA'. O chato é ter que refazer a maquiagem. E quando você inventa de colocar aquela calça apertada e tem que deitar na cama e pedir para outro ser humano enfiar ela em você? Uma gracinha, já vai para o jantar lacrada a vácuo. Se espirrar a calça perfura o pâncreas.

Ok, você achou uma roupa que ficou boa. Vem o dilema da ligerie. Salvo raras exceções, roupa feminina (incluindo lingerie) ou é bonita, ou é confortável. Você olha para aquela sua calcinha de algodão do tamanho de uma lona de circo. Ela é confortável. E cor de pele. Praticamente um método anticoncepcional. Você pensa 'Eu não vou dar para ele hoje mesmo, que se foda'. Você veste a calcinha. Aí bate a culpa. Eu sinto culpa se ando com roupa confortável, meu inconsciente já associou estar bem vestida a sofrimento. Aí você começa a pensar 'E se mesmo sem dar para ele, ele pode acabar vendo a minha calcinha... Vai que no restaurante tem uma escada e eu tenho que subir na frente dele... se ele olhar para essa calcinha, broxará para todo o sempre comigo...'. Muito puta da vida, você tira a sua calcinha amiga e coloca uma daquelas porras mínimas e rendadas, que com certeza vão ficar entrando na sua bunda a noite toda. Melhor prevenir. Nessas horas a gente emburrece e acha que qualquer deslize que fizer vai espantar o sujeito de forma irreversível.

Os sapatos. Vale o mesmo que eu disse sobre roupas: ou é bonito, ou é confortável. Geralmente, quando tenho um encontro importante, opto por UMA PEÇA de roupa bem bonita e desconfortável, e o resto menos bonito mas confortável. FATO: Lei de Murphy impera. Com certeza me vai ser exigido esforço da parte comprometida pelo desconforto. Ex: Vou com roupa confortável e sapato assassino. Certeza que no meio da noite o animal vai soltar um 'Sei que você adora dançar, vamos sair para dançar?' Eu tento fazer parecer que as lágrimas são de emoção. Uma vez um sapato me machucou tanto, mas tanto, que fiz um bilhete para mim mesma e colei no sapato, para lembrar de nunca mais usar!. Porque eu não dei o sapato? Porra... me custou muito caro! Posso não usá-lo, mas quero tê-lo. Eu sei, eu sei, materialista do caralho. Vou voltar como besouro de esterco na próxima encarnação e comer muito cocô para ver se evoluo espiritualmente! Mas por hora, o sapato fica.

Enfim, eu sei que existem problemas mais sérios na vida, e o texto é em tom de brincadeira. Só quero que os homens saibam que é um momento tenso para nós e que ralamos bastante para que tudo dê certo. O ar de tranquilidade que passamos é pura cena. Sejam delicados e compareçam aos encontros que marcarem, ok? E se possível, marquem com antecedência, para a gente ter tempo de fazer nosso ritual preparatório com calma...

Apesar do texto enorme, quero deixar claro que o que eu coloquei aqui é o mínimo do mínimo. Existem milhões de outras providências que mulheres tomam antes de encontros importantes: clarear pêlos (vulgo 'banho de lua'), fazer drenagem linfática, baby liss... enfim, uma infinidade de nomes que homem não tem a menor idéia do que se trata.

Depois que você está toda montadinha, lutando mentalmente com seus dilemas do tipo 'será que dou para ele? É o terceiro encontro, talvez eu deva dar...' começa a bater a ansiedade. Cada uma lida de um jeito. Eu, como boa loser que sou, lido do pior jeito possível. Tenho um faniquito e começo a dizer que não quero ir. Não para ele, ligo para a infeliz da minha melhor amiga e digo que não quero mais ir, que sair para conhecer pessoas é muito estressante, que se um dia eu tiver um AVC é culpa dessa tensão toda que eu passei na vida toda em todos os primeiros encontros e que quero voltar tartaruga na próxima encarnação. Ela, coitada, escuta pacientemente e tenta me acalmar.

Agora imaginem vocês, se depois de tudo isso, o filho da puta liga e cancela o encontro? 'Surgiu um imprevisto, podemos deixar para semana que vem?'. Gente, não é má vontade ou intransigência, mas eu acho inadmissível uma coisa dessas, a menos que seja algo muuuuiiiiiiito grave! Eu fico puta, puta, PUTA da vida! Claro, na cabecinha deles não custa nada mesmo, eles acham que é simples, que a gente levantou da cama e foi direto pro carro deles. Se eles soubessem o trabalho que dá, o estresse, o tempo perdido... nunca ousariam remarcar nada. Se fode aí!

Vem me buscar de maca e no soro, mas não desmarque comigo! Até porque, a essa altura, a dieta radical do queijo está quase te fazendo desmaiar de fome, é questão de vida ou morte a porra do jantar! NÃO CANCELEM ENCONTROS A MENOS QUE TENHA ACONTECIDO ALGO MUITO, MUITO, MUITO GRAVE! A GENTE SE MOBILIZA DEMAIS POR CAUSA DELES!

Supondo que ele venha. Ele liga e diz que está chegando. Você passa perfume, escova os dentes e vai. Quando entra no carro já toma um eufemismo na lata 'HUMMM... tá cheirosa!' (tecla sap: 'Passou muito perfume, porra'). Ele nem sequer olha para a sua roupa. Ele não repara em nada, ele acha que você é assim ao natural. Eu não ligo, acho homem que repara muito meio viado, mas isso frustra algumas mulheres. E se ele for tirar a sua roupa, grandes chances dele tirar a calça junto com a calcinha e nem ver. Pois é, Minha Amiga, você passou a noite toda com a rendinha (que por sinal custou muito caro) atochada no rego para nada. Homens, vocês sabiam que uma boa calcinha, de marca, pode custar o mesmo que um MP4? Favor tirar sem rasgar.

Quando é comigo, passo tanto estresse que chego no jantar com um pouco de raiva do cidadão. No meio da noite, já não sinto mais meus dedos do pé, devido ao princípio de gangrena em função do sapato de bico fino. Quando ele conta piadas e ri, eu penso: 'É, eu também estaria de bom humor, contando piada, se não fosse essa calcinha intra-uterina raspando no colo do meu útero'. A culpa não é deles, é minha, por ser surtada com a estética. Sinto o estômago fagocitando meu fígado, mas apenas belisco a comida de leve. Fico constrangida de mostrar toda a minha potência estomacal assim, de primeira.

Para finalizar, quero ressaltar que eu falei aqui do desgaste emocional e da disponibilidade de tempo que um encontro nos provoca. Nem sequer entrei no mérito do DINHEIRO. Pois é, tudo isso custa caro. Vou fazer uma estimativa POR BAIXO, muito por baixo mesmo, porque geralmente pagamos bem mais do que isso e fazemos mais tratamentos estéticos:

Roupa -R$50,00
Ligerie - R$50,00
Maquiagem -R$50,00
Sapato - R$50,00
Depilação - R$50,00
Mão e pé - R$15,00
Perfume - R$20,00
Pílula anticoncepcional - R$15,00

Ou seja, JOGANDO O VALOR BEM PARA BAIXO, gastamos, no barato, R$300 para sair com um Zé Ruela. Entendem porque eu bato o pé e digo que homem TEM QUE PAGAR O MOTEL?
Rosemeire Beck Zanini

obama


Eu odeio a Mariúsca

Mariúsca Cristina tem bigode. Que ela tinge com blondor vagabundo e fica parecendo um gato de rua. Ela tem uma pancinha nojenta cheia de pêlos que ela também tinge com o mesmo blondor vagabundo. Sempre que pode, ela valoriza sua pancinha com alguma mini-blusa de tecido vagabundo com brilhos e calça justérrima com barras de lantejoula.

Mariúsca Cristina, ou Mariúúúú para os colegas (pobre nunca fala que tem amigo, só tem colega), tem um sonho: conhecer o Cristo Redentor. E nesse final de semana, Janderson, seu namorado que trabalha no ramo alimentício (ele limpa o banheiro de um restaurante), planejou pedi-la em casamento justamente no Cristo.

Só que vai ser naquele cabeçudo de Serra Negra mesmo. Que é o que dá pra fazer. Mariúsca vai aceitar, feliz da vida e, para comemorar, o casal vai dormir em um hotel beira de estrada e pedir camarão. A última vez que Mariúúúú comeu camarão foi, foi... Na verdade essa é a primeira vez que ela come camarão. Mais tarde Janderson vai acordar com a maior dor de barriga porque o camarão tava estragado mas vai se recusar a passar mal, afinal, aquele danado do peixe custou mais de vinte reais o casal.

E eu odeio a Mariúsca, com toda a força do meu ser. Odeio sua voz de sonsa e seu sotaque entre o analfabeto e o mongolóide. Odeio que ela rebole sua bunda gigantesca como se uma bunda valesse qualquer diploma, livro, filme, viagem ou bom papo. Ela só tem aquela bunda e um pouco de talento para tirar cutículas.

Mas o que eu mais odeio nessa vaca da Mariúsca é que ela tem a única coisa que eu quis ter a minha vida inteira e jamais consegui: ela é ininterruptamente feliz. Janderson é baixinho, pobre, emberebado, burro e fede.

Mas ela é o ama simplesmente porque resolveu que ama e nunca entrou em crise pra saber se ele é ou não bom o suficiente pra ela. Poxa, se ele a leva no Cristo e compra camarão deve ser o homem da sua vida. Seu emprego no salão de beleza de quinta categoria fica a 3 horas e meia da sua casa e paga 345 reais por mês. Mas a desgraçada faz todo o trajeto, ida e volta, na chuva ou no sol, andando ou parada, sorrindo.

Ela nunca conheceu seu pai, nem sabe quem é. Nem por isso faz de sua vida um drama. Aliás, ela odeia filme de drama. Aliás, ela odeia filme porque dá sono. Odeia ler também. O que ela gosta mesmo é de ver os programas dominicais com bandas de pagode. Ela não sofre porque não dá para ir a Paris todo mês ou porque o novo filme do Lars Von Trien tinha esgotado logo quando chegou sua vez. Aliás, ela nem sabe direito onde fica Paris e se você falar "Lars Von Trien" para ela, vai ouvir um "vai você, sua besta".

Mariúsca não sabe o que é verotina. O remédio que o psiquiatra me passou pra ver se eu volto a ver um pouco de graça na vida. Verotina pra ela deve ser a nova manicure. Ou, porque o nome é um pouco mais chique que Mariúsca, a nova cabeleireira. Verotina, me corta um pouco as pontas.

Mas se eu explicar pra ela que na verdade é "verotina, não me deixe cortar os pulsos" ela não vai entender nada. Certamente ela me diria: "mas com uma vida tão linda, cheia de Jandersons, colegas da condução, blondor, camarões, bandas de pagode e cristos cabeçudos de Serra Negra, como é que um ser humano vai querer morrer?

Mariúsca não sabe que mesmo eu fazendo musculação 3 vezes por semana, corrida duas e drenagem uma, eu ainda acho que deveria ter uma lei que me proibisse de andar sem canga pelas areias de Maresias. Ela também não sabe o desespero que é você ler, ler e ler, e continuar sabendo que não leu nem um quinto do que deveria ter lido pra ser alguém minimamente culto.

Ela não sabe a agonia que é estar parado no trânsito da Rebouças com tantas praias lindas no Brasil e tantos cafés perfeitos na Europa. Ela não sabe como é terrível esperar que apareça alguém pra me fazer feliz se eu mesma sou incapaz disso. Ai, Mariúsca! Você me arrancou um bife!

E ela se mata de rir da minha desgraça...

Tatiane Bernardi

Quantas pessoas são necessárias para trocar uma lâmpada?

Bom, Depende...
Gays?
Seis: um para trocar e cinco para ficar gritando: Linda! Poderosa! Maravilhosa! Divina! Tuuudoo!
Peruas?
Duas: uma chama o eletricista e a outra prepara os drinques.
Psicólogos?
Apenas um, mas a lâmpada PRECISA QUERER ser trocada..
Loiras?
Cinco: uma para segurar a lâmpada e outras quatro para girarem a cadeira.
Consultores?
Dois... Um sempre abandona o trabalho no meio do projeto.
Bêbados?
Um, só pra segurar a lâmpada, enquanto o teto vai rodando.
Analistas de sistemas?
Trocar pra quê! Não tem problema algum com a lâmpada velha, porque nos testes aqui no escritório ela funcionava bem..
Ativistas Gays?
Nenhum. A lâmpada não precisa mudar para ser aceita pela sociedade.
Cantores sertanejos?
Dois: um troca a lâmpada e o outro escreve uma canção sobre os bons tempos da lâmpada antiga...
Machões?
Nenhum: macho não tem medo de escuro.
Patricinhas?
Duas: uma pra segurar a Coca Light e outra pra chamar o papai.
Argentinos?
Um só: ele segura a lâmpada e o mundo gira ao seu redor.

Mulher com TPM?
Só ela! Sozinha!! Porque ninguém, dentro desta casa sabe como trocar uma PORCARIA de uma lâmpada! São um bando de IMPRESTÁVEIS!!! Eles nem percebem que a lâmpada queimou! Eles podem ficar em casa no escuro por três dias antes de notar que a BOSTA da lâmpada queimou! E quando eles notarem, vão passar mais cinco dias NO ESCURO esperando que EU troque a lâmpada, porque eles acham que eu sou a ESCRAVA deles!!! E quando eles se derem conta de que eu não vou trocar a lâmpada, eles ainda vão ficar mais dois dias no escuro porque não sabem que as lâmpadas novas ficam dentro da DROGA da despensa! E se, por algum milagre, eles encontrarem as lâmpadas novas, vão arrastar a MERDA da poltrona da sala até o lugar onde está a lâmpada queimada e vão arranhar o piso todo, porque são INCAPAZES de saber onde o RAIO da escada fica guardada! É inútil esperar que eles troquem a lâmpada, então sou eu mesmo quem vai trocá-la! E como eu sou uma mulher independente, vou lá e troco! E SOME DA MINHA FRENTE!!!
_

tag | labels

cultural 2012 humor flagrantes da vida real brasil arte brisa link tupiniquim homem música amor profundo tech brasileiro mulher relação agora sabedoria clássico alx hoera sexo vídeo natureza hype design dica são paulo piada agentegosta vida bizarrices gay história curiosidades hit loveland auto-ajuda de bolso atualidades alex hoera lyrics tempo gringo grana vergonha alheia 2011 desenho política preconceito 80s amizade moda INSIGHT animação eco somos nozes clichê nerd 420 governo alx LISTA sp exposição ... me gusta zeitgeist festa erva saúde love art filme sustentabilidade pmsp drinks poema poesia auto-promoção árvore animais ayahuasca celebridades cultura ritual bagaceirice imagem do dia motivacional photo violência slow food água fingindo naturalidade reciclagem tv geek paz índio família old's cool sex novidade criativo humano mundo teste palavra natural televisão 350 beck polícia tecnologia cvida drama religião sincronicidade #EuSouGay drogas 350.org carnaval cinema vintage acontece movie desenhos lenda lindo photoshop rehab texto homofobia luz polêmica sensibilização tendência trampo war artistas espírito futuro music índia acessibilidade anorexia belo contato nada se leva sensacional triângulos alex fake hiep hiep hoera achado crianças incrível passado planeta relax sol 11:11 ajuda alma chico xavier francisco cândido xavier praia viagem viajar arnaldo jabor ação bacana clima colaborativo curta daniel guarda desabafo ecologia lap to dance original pensamento prefeitura ronaldo show som utilidade verde viva yoga pela paz UMAPAZ climão meio ambiente rainbow spfw terra transexual transformação urbano amigos aquecimento global beijaflor colaboração colorido danger mistura urbana peculiar projeto social quiz raul reflexão rio de janeiro rotina socioambiental teatro trendy tudo yoga 03:03 announcement arts banksy boy boy magia conexão dia mundial sem carro esporte evento gripe suína popporn popporn festival popular produção referência saudades saudável sossego teletransporte telma terremoto wikipedia ano novo ansiedade caminho casa triângulo clipe comunicação drummond dúvida educação figurinista fotografia gato larica livro menina não pode ovo poder presente puta falta de sacanagem receita sentimento sonho tenso virada cultural álcool adriana charoux aula before today blog coordenação de produção delícia desconectar para conectar dinheiro egotrip elke maravilha eu não quero voltar sozinho fato feedback filosofia baraa fofo ivan forneron katita 80 katita make lovely mar maísa moving planet museu da língua portuguesa photos por quê? porque portifolio projeção psicografia risos saudade sergio fahrer silêncio simetria sport susan boyle tattoo teatro mágico that's hot traços trilha (F) 9gag arte assume vivid astro focus (avaf) atuação bad banda uó banho bar.bar blogueiro boys bruno zanardo bêca bêca arruda cacete cartagena charoux chimarrão clarice clarice lispector colômbia combustíveis fósseis cores desespero e-mail economia ego emmanuel entrevista fetiche greve hot infantil ingredientes instituto C e A jum nakao linhas lucas corazza mailing mensagem mmm org organização palhaço party paulo leminski perdão primavera produção de figurino prostituição radio reclamação redes sociais satsang sk8 sri prem baba subprefeitura tiração de sarro toca raul tradição trip ASSEF ASSEF/SP SoundCloud acacio abreu de oliveira adalgisa morato advogado aganjú alan watts amir labaki andré cruz arena eugênio jusnet augusta avaf balada basta bebel gilberto bope brasill breja bullying butt cacetete caloi carlos saldanha carta da terra caveira censura charles baudelaire chá cinepro circo circo voador coisas de marcelle colombia confeitaria connected cosmópolis cowork coworking culinária curso database datarock decameron dia do rock direito doce dupla ebtg ellen lima energia escorpião estúdio bola estúdio fabricia miani fail faria fashion felipe dall'anese finanças floresta formação fox fox home entertainment brasil futon company gabriela brenman de azevedo galeria do rock geometric gráficos guto lacaz happy hour herbert viana hora ibirapuera idec jackson ricarte jardins jorge serrão joåo saraiva kangwaá lacuna filmes lançamento larmod latinha laura stankus leo cavallini levis br lila varo lions locomotiva lothar lothar charoux louise despont luciana nicolodi lunchbox magazine make mano mano chao maou maquiagem marcelona mariana cobra marione tomazoni masp medo mentira metrô militarismo mixwit mostra de arte pública mostraurbe máquina nextel nextu noite origami os mutantes oscar wilde ouvidoria paralapraca paris hilton parque paul alex thornton paul alexander thornton paulista pedro mendes pedro useche perdição piauí pinturas planetas plano de celular playmobil poem promoção psmp quixotes reajuste salarial reveillon revista rio - o filme rock sacanagem signo silicone simian mobile disco simpatia skate social media sopa squid studio sopa studio sp tarde telefone tennis thiago cagiano tom of finland trilha sonora tu universidade urbe vanessa ferras vestígios visíveis web wwf